Busca

/Blog Hugo Leal

maio, 2009


Na França, condutor alcoolizado pode perder seu carro

quarta-feira, 27 maio, 2009

Organizado pelo Conselho Estadual para Diminuição dos Acidentes de Trânsito e Transportes de São Paulo, o evento realizado nesta terça-feira na capital paulista, faz parte das comemorações ao ano 2009 França-Brasil, cujo tema central do encontro foi ?Como a França trata o trânsito?.

Embora a legislação francesa admita a tolerância de até 0,5 gramas de álcool por litro de sangue, a conscientização, o controle e a sanção são bem maiores do que os aplicados no Brasil. De acordo com Pierre Gustin, todos os estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas para consumo imediato, por exemplo, são obrigados a disporem de bafômetros para controle de alcoolemia de seus clientes. Farmácias e bancas de revistas também vendem para o público, aparelhos descartáveis e baratos para triagem individual.

Também participando do evento como palestrante, o deputado Hugo Leal (PSC-RJ), autor da Lei Seca, ficou particularmente impressionado com a informação de que tramita no parlamento francês um projeto determinando o confisco do veículo de motorista reincidente na infração de dirigir embriagado.

Ao fazer um balanço de sua trajetória parlamentar em defesa da vida no trânsito, Leal destacou a importância e os efeitos imediatos da Lei Seca que, pessoalmente, prefere chamar de lei da vida. O deputado também destacou seu esforço no sentido de incluir o Brasil no rol dos países que tratam com seriedade e decisão a questão da violência no trânsito ? classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como uma questão de saúde pública.

Em sua opinião, é fundamental a existência de uma entidade forte, capacitada e independente para prevenir e acompanhar as ocorrências trágicas do trânsito brasileiro que mata, anualmente, quase 40 mil pessoas por ano. Documento nesse sentido foi encaminhado ao Poder Executivo, elencando os exemplos de sucesso de países como a França, os Estados Unidos e a Espanha.

Assessoria de Comunicação Gabinete do deputado federal Hugo Leal


Deputado participa de Seminário Internacional de Segurança no Trânsito

terça-feira, 26 maio, 2009


>
>O evento será realizado nesta terça-feira no Hotel Sofitel, próximo ao Parque Ibirabuera, na capital paulista. Autor da Lei Seca e vice-presidente da Comissão de Viação e Transportes da Câmara Federal, Hugo Leal, falará sobre o papel do Legislativo e os diversos projetos sobre trânsito que tramitam no Congresso Nacional. Além de Leal, o deputado federal Beto Albuquerque (PSB-RS), presidente da Frente Parlamentar para um Trânsito Seguro, também participa do seminário com o tema ?Condições necessárias para o desenvolvimento de uma segurança mais efetiva no trânsito brasileiro?.

A série de palestras e debates contam ainda com a participação do dr. Marcos Musafir, da Organização Mundial de Saúde (OMS), que falará sobre os ?Traumas de trânsito na OMS: Pesquisa e impacto na saúde global; Michele Merli, presidente da Securité Routière, que apresentará ?O sistema de prevenção e controle dos acidentes do trânsito na França e a política de integração da Comunidade Européia?.

Assessoria de Comunicação Gabinete do deputado federal Hugo Leal

/>


Deputado federal Hugo Leal é o novo presidente da Municipal do Rio

terça-feira, 26 maio, 2009

De acordo com Hugo Leal, a instalação de uma representação municipal na cidade do Rio, que detém 50% do eleitoral fluminense, é importantíssimo para o fortalecimento do PSC no estado do Rio de Janeiro. Segundo ele, o partido vem mantendo uma política de crescimento, tanto na esfera federal quanto estadual, visando às eleições de 2010.

O vice-presidente nacional da agremiação, pastor Everaldo, destacou o momento especial e histórico que o PSC está vivendo na política brasileira. Segundo ele, apesar de pequena, a bancada na Câmara Federal ? composta por 12 deputados ? é uma das mais atuantes, participando e, até mesmo, presidindo comissões permanentes ou especiais da Casa. Por exemplo, é do PSC a presidência da Comissão Permanente da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional (CAINDR).

- O PSC vive um momento relevante na história política do Brasil. Para 2010 teremos grandes novidades com, no mínimo, um representante eleito em cada estado para a Câmara Federal. E, para o Senado, também teremos candidatos em pelo menos 11 estados, inclusive no Rio de Janeiro ? acrescentou o vice-presidente da Executiva Nacional.

Já empossado, Hugo Leal destacou a diversidade de pensamento dos integrantes da sigla partidária, mas sempre visando o lema do PSC, ?o ser humano em primeiro lugar?. Entre as ações que pretende implementar no diretório carioca, ele disse que irá estimular o debate e discussão partidária no município, imprimindo o trabalho executado pelo partido no município serrano de Petrópolis. Lá, há 20 anos o PSC não elegia nenhum vereador. Após forte trabalho de reestruturação e crescimento o PSC obteve duas cadeiras do parlamento municipal.

Assessoria de Comunicação do Deputado Hugo Leal


Hugo Leal recebe representantes da Educação Católica

terça-feira, 26 maio, 2009


>No documento a ANEC relata a presença da Educação Católica em todo o território nacional mostrando que as instituições católicas atendem a 1 milhão e 600 mil jovens e 50 mil deles são beneficiados com bolsas de estudo.

A ANEC afirma que é aberta ao diálogo com a sociedade brasileira buscando sempre avançar no setor produtivo e parceira do Poder Público na promoção do bem comum. Ela garante que suas relações com o Estado não a privilegia de qualquer favorecimento e que requer o respeito às prerrogativas previstas pela Constituição Federal em favor da educação promovida pelas instituições comunitárias e confessionais.

? É justa a reivindicação dos representantes da Educação Católica do Brasil. A Igreja Católica é uma referência na educação no nosso País. Sua atuação na superação da desigualdade social merece o nosso respeito e precisa ser resguardada pelo Estado ? afirmou Hugo Leal.

O entendimento da entidade expresso na carta é de que o sistema de Educação Católica no Brasil não pode e nem pretende se custeado exclusivamente com benefícios públicos estatais, o seu objetivo é continuar o trabalho desenvolvido há muito tempo em benefícios da sociedade com garantias consolidadas na legislação.

? O que aconteceria se as instituições de educação católicas se retirassem da educação, da saúde e da beneficência. Não queremos nada além do que está previsto na Constituição ? disse o presidente da ANEC, Pe. José Marinoni.

Assessoria de comunicação do dep. Hugo Leal


Comissão Executiva do Diretório Municipal do PSC na cidade do Rio é empossada nesta quinta-feira

quarta-feira, 20 maio, 2009

Entre outras autoridades estarão presentes ao evento, o vice-presidente nacional do PSC, pastor Everaldo, o presidente regional no estado do Rio e secretário de Estado do Trabalho, Ronaldo Azaro. Durante a posse, será apresentado tema central do encontro: O PSC e o trabalho de fiscalização dos processos governamentais federal, estadual e municipal na cidade do Rio de Janeiro.

A comissão executiva será composta pelos seguintes membros e funções:

deputado federal Hugo Leal, presidente; deputado federal Filipe Pereira, vice-presidente; vereador Dr. Jairinho, secretário; vereador e secretário municipal da Pessoa Portadora de Deficiência Márcio Pacheco, tesoureiro; vereador Dr. Eduardo Moura, 1º vogal; Elias Torres, 2º vogal; e dr. Kleber Kalil, 3º vogal.

De acordo com Hugo Leal, a instalação de uma representação municipal na cidade do Rio, que detém 50% do eleitoral fluminense, é importantíssimo para o fortalecimento do PSC no estado do Rio de Janeiro. Segundo ele, o partido vem mantendo uma política de crescimento, tanto na esfera federal quanto estadual, visando às eleições de 2010.

Leal afirma que imprimirá no diretório carioca o mesmo trabalho executado pelo partido no município serrano de Petrópolis. Lá, há 20 anos o PSC não elegia nenhum vereador. Após forte trabalho de reestruturação e crescimento partido, o PSC obteve duas cadeiras do parlamento municipal.

- Em Petrópolis, o partido pulou dos 2.397 votos nas eleições de 2000 para 16.724 votos na última eleição. Hoje, o PSC petropolitano é uma realidade na cidade imperial – afirma o deputado Hugo.

Assessoria de Comunicação Gabinete do deputado federal Hugo Leal


Audiência discute obrigação de motorista fazer teste do bafômetro

terça-feira, 19 maio, 2009

No entanto, a Lei 11.705/08, mais conhecida como lei seca, aprovada pela Câmara, obriga os motoristas a se fazerem o teste. O condutor que se recusar a fazer o exame terá a carteira de motorista apreendida e o veículo retido.


Participam da audiência pública, o chefe da Divisão de Multas e Penalidades do Departamento de Polícia Rodoviária Federal, Jerry Adriane Dias Rodrigues; o presidente da Associação Paulista de Medicina, Jorge Carlos Machado Curi; representantes do Ministério Público do Distrito Federal e do Ministério da Saúde.

Assessoria de Comunicação Gabinete do deputado federal Hugo Leal


Entrevista: Hugo inclui os produtores fluminenses de cana-de-açúcar na subvenção da União

quarta-feira, 13 maio, 2009

Deputados realizam visita oficial a Israel

sábado, 9 maio, 2009

Em Israel, além de acompanharem a atuação dos órgãos de segurança, durante um evento público internacional, os deputados assistirão à palestra sobre ?Crime e sequestro, afetando a população no mercado latino?, visitarão o centro de comando e controle do Parlamento Israelense e participarão de reuniões com representantes de empresas e de equipamentos de defesa e de segurança pessoal.

- A visita a Israel neste momento é muito importante, pois estaremos observando como funcionam os sistemas de segurança pública e privada. É importante lembrar que, muitas discussões e projetos de lei que tramitam na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime, como o uso de equipamentos de segurança via satélite que são produzidos em Israel. Será uma visita oficial em nome da Câmara dos Deputados e do governo brasileiro ? afirma o deputado.

O custo da viagem dos parlamentares ficou a cargo da própria Câmara de Comércio israelense, autora do convite. Leal lembra que a missão só foi oficializada após ter o seu requerimento de autorização aprovado pelos membros da Comissão de Segurança, e a presidência da Casa ter autorizado a viagem.

Para o deputado, é importante que toda a viagem dos deputados ao exterior seja analisada e aprovada pelas Comissões pertinentes ao tema proposto pela missão.

Assessoria de Comunicação Gabinete do deputado federal Hugo Leal


Primeiro encontro Interdiocesano de Pastoral e Política tem participação de Hugo Leal

sexta-feira, 8 maio, 2009

Hugo Leal participa de encontro católico de Pastoral e Política

>Como um dos palestrantes, falando sobre ?A Dinâmica do Poder Legislativo?, o deputado federal Hugo Leal (PSC-RJ) participou do Primeiro Encontro Interdiocesano de Pastoral e Política, promovido pela Comissão Arquidiocesana de Promoção e Defesa da Vida da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro. O evento acontece no Centro de Estudos do Sumaré, nesta sexta (8) e sábado (9).

Tendo como tema principal a Campanha da Fraternidade de 2009, o objetivo do encontro é melhorar a formação política e doutrinal dos fiéis, para que exerçam a cidadania com consciência e responsabilidade e tenham suas famílias como colaboradoras da sociedade. Palestras e debates sobre a promoção da vida e a atuação dos leigos na vida política do Brasil, principalmente quanto aos trabalhos do Poder Legislativo, foram realizados no evento.

As palestras tiveram como temas os seguintes assuntos:?Os desafios da cultura na vida do Congresso Nacional?, ?O trabalho da CNBB na defesa da vida?, ?As relações entre a Igreja e a política?, ?A Cultura da Morte na legislação brasileira?, ?O trabalho do Pró Vida?, ?O caminho jurídico:participação dos cidadãos? e a ?Defesa da vida e a pastoral?.

Assessoria de comunicação do deputado Hugo Leal


Recursos do trem-bala devem ser do setor privado

sexta-feira, 8 maio, 2009

Implantação do trem-bala com recursos do setor privado

>Depois de uma mesa-redonda na Comissão de Viação e Transportes, onde uma empresa francesa apresentou o projeto de implantação do sistema do trem-bala no percurso entre Rio e São Paulo, o deputado Hugo Leal concedeu uma entrevista à TV Câmara onde relatou as suas considerações sobre a proposta. Mesmo acreditando na importância do sistema no Brasil, ele não aprova que os recursos para o investimento sejam do governo.

O deputado considera que a instalação do trem-bala depende da elaboração do relatório do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social que vai orientar as licitações do projeto. Para ele, é importante que o governo assuma a responsabilidade nos estudos, na infra-estrutura, mas não
na aplicação dos recursos, devendo esta ficar por conta do setor privado.

? O investimento é muito alto, algo em torno de 11 bilhões de dólares e isto tem que ser avaliado. O risco tem que ser de quem vai explorar comercialmente? disse o deputado.

Seu entendimento é de que o projeto do trem-bala é extremamente positivo e com tecnologia avançada.

? Nós já tivemos empresas japonesas, italianas e agora a francesa apresentando o funcionamento do sistema. Podemos viajar de avião achando que é mais barato do que o trem-bala, mas ele oferece uma tecnologia que facilita a locomoção. Você desce numa estação muito próxima do centro nos locais, ganhando tempo com o deslocamento ? ressaltou Leal.