Busca

/Blog Hugo Leal

Recursos do trem-bala devem ser do setor privado

Implantação do trem-bala com recursos do setor privado

>Depois de uma mesa-redonda na Comissão de Viação e Transportes, onde uma empresa francesa apresentou o projeto de implantação do sistema do trem-bala no percurso entre Rio e São Paulo, o deputado Hugo Leal concedeu uma entrevista à TV Câmara onde relatou as suas considerações sobre a proposta. Mesmo acreditando na importância do sistema no Brasil, ele não aprova que os recursos para o investimento sejam do governo.

O deputado considera que a instalação do trem-bala depende da elaboração do relatório do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social que vai orientar as licitações do projeto. Para ele, é importante que o governo assuma a responsabilidade nos estudos, na infra-estrutura, mas não
na aplicação dos recursos, devendo esta ficar por conta do setor privado.

? O investimento é muito alto, algo em torno de 11 bilhões de dólares e isto tem que ser avaliado. O risco tem que ser de quem vai explorar comercialmente? disse o deputado.

Seu entendimento é de que o projeto do trem-bala é extremamente positivo e com tecnologia avançada.

? Nós já tivemos empresas japonesas, italianas e agora a francesa apresentando o funcionamento do sistema. Podemos viajar de avião achando que é mais barato do que o trem-bala, mas ele oferece uma tecnologia que facilita a locomoção. Você desce numa estação muito próxima do centro nos locais, ganhando tempo com o deslocamento ? ressaltou Leal.

Deixe um Comentário